2.º Dia da Formação em Roma – dia cultural

Como no dia anterior tivemos duas sessões do curso, hoje foi um dia dedicado à dimensão cultural desta mobilidade. Aproveitei para visitar a Catedral de S. Pedro. Como provavelmente não voltarei tão cedo a Roma, fiz a visita completa à catedral e à cúpula.

Relativamente à catedral pouco há a dizer que ainda não tenha sido referido. A grandiosidade, a riqueza, o simbolismo e também, a ostentação, são dimensões que se aplicam categoricamente. A visita à cúpula, essa sim foi uma surpresa, pois dela se tem uma visão da enorme extensão da cidade, uma vez que permite uma panorâmica de 360º. Aluguei um audio-guia – é um dos poucos monumentos que os disponibiliza em língua portugesa -, podendo assim identificar locais, saber a sua história e as suas características.

Tirei algumas (muitas) fotografias mas que não revelam o que é possível observar ao visitar estes locais. Eis algumas delas:

Aproveitei ainda para deambular pela cidade e voltar a um dos locais de que mais gostei, a charmosa e elegante Piazza Navona – com as várias fontes com impressionantes estátuas -, e ao Panteão e à Piazza di Pietra para observar o Templo de Adriano do qual resta apenas a colunata frontal.

Desde que cheguei a Roma já percorri mais de 100 km a pé nesta cidade espetacular e mesmo assim há tanto que ver e para apreciar.

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *