• image

Rastreio Oral

rastreio oral

44° aniversário da "Revolução dos Cravos"

 
No passado dia 19 de abril, teve lugar no auditório da nossa Escola, a comemoração dos 44 anos da Revolução de 25 de Abril de 1974, promovida 

25abril

pelo grupo disciplinar de história, Carlos Pimentel;  Eugénia Vieira e Júlia Landolt, com a colaboração da direção da Escola, na pessoa dos professores, Carlos Piedade,   Mateus Santos e Célia Moreira, dos Professores Guilhermino Monteiro e Sérgio Teixeira e dos funcionários, Dª  Paula Pinto D.ª Rosa Costa e o Sr. Paulo Oliveira e das turmas dos 10º A; 11º C e 12º B, em parceria com a União das Juntas de Freguesia de S. Pedro da Cova e Fânzeres, representada pelo seu Presidente – Pedro Xavier e pelo vogal – Ivo Capas e  com a preciosa colaboração da Dª Maria José Ribeiro, membro da URAP – União dos Resistentes Antifascistas Portugueses, fundada a 30 de abril de 1976, reunindo nas suas fileiras um largo núcleo de antifascistas com intervenção destacada durante a ditadura fascista.
Após a abertura da sessão solene, foi interpretado, pelo prof. Carlos Pimentel o tema “E Depois do Adeus”, que marca a primeira senha do arranque da Revolução, seguindo-se uma comunicação histórica, pelo mesmo docente, dos acontecimentos que conduziram à Democracia Portuguesa.
A Dª Maria José Ribeiro, deliciou a plateia com alguns testemunhos, que na primeira pessoa, contou sobre a repressão sofrida nos calabouços da então polícia política do regime – PIDE. 
A sessão terminou com mais dois temas de abril, em primeiro – “Uma Gaivota Voava, Voava” e, por fim, com a segunda senha que pôs em marcha a Revolução de 25 de abril de 1974 – “Grândola Vila Morena”, interpretados pelos alunos das turmas e por todos os presentes.

Prémio Green Cork

No dia no dia 13 de Abril de 2018, às 14.30h, decorreu no auditório da Quinta da Gruta - Castelo da Maia a sessão de "entrega de prémios/apresentação do concurso Green Cork Escolas 2017/2018". grupoGC

A Escola Secundária de S. Pedro da Cova recebeu o 2º Prémio Green CorK Escolas, na categoria escolas secundárias e profissionais, relativo à campanha de recolha de rolhas de cortiça 2016/2017, tendo sido uma das doze entidades a nível nacional, que mais rolhas entregou. Este prémio, no valor de 500 euros em cartão continente, refletiu o contributo de todos!

O valor angariado pela Quercus pela entrega das rolhas de cortiça para reciclagem reverte a favor da plantação de árvores autóctones através de iniciativas apoiadas pelo projeto Floresta Comum. A Quercus já ofereceu cerca de 650 mil plantas autóctones.

A Escola já está inscrita na Campanha de recolha de rolhas de cortiça 2017/2018. Participa!!!

A sustentabilidade do planeta depende de cada um de nós.

Está em... Home oqueporcasefaz